terça-feira, 27 de agosto de 2013

27 de agosto de 2013 - História ( imigrantes) - Geografia - região Centro-Oeste

27/8 e

Geografia – centro-oeste e correção de atividade do nordeste.
História – 88-97 – Questionário da página 96 e 97

Geografia
1)      Preencha a tabela com as informações da Região Centro-Oeste.
Área total
População
Estados, siglas e capitais





Vegetação
Clima
Relevo









Quatro atividades econômicas
Produtos agrícolas
Belezas naturais da região
1


2


3


4


Minérios produzidos
Comidas típicas
Cultura













História – 88-95
TRABALHO DOS IMIGRANTES
Os imigrantes tinham muito trabalho durante todo o ano nas fazendas de café. Além de plantar e colher o café, eles limpavam e adubavam o solo; semeavam milho e feijão.
O cultivo mais demorado era do café, que levava 10 meses, o cultivo do milho e do feijão levava 8 meses. O cultivo é o processo que vai da semeadura até a colheita.
QUEM ERAM OS IMIGRANTES?
O Brasil recebeu mais de cinco milhões de imigrantes entre o século XIX e XX.
Imigrantes
Chegada
Instalação
Trabalho
Portugueses e espanhóis
1890
Vários estados do Brasil.
Agricultura, fábricas e estabelecimentos comerciais próprios.
Alemães

Região Sul
Fábricas, frigoríficos, lavouras
Italianos
1870
Região Sul
Fazendas de café, fábricas, plantação de uva e produção de vinho.
Sírios e libaneses
Início do século XX
Amazonas, Sergipe, Bahia, São Paulo, Santa Catarina.
Mascates, estabelecimentos comerciais.
Japoneses
1908
São Paulo, Paraná.
Fazendas de café, comércio.

FERROVIAS E MODERNIZAÇÃO
A expansão da produção de café criou a necessidade de se ter outros meios de transportes mais eficientes para o escoamento dos produtos, além do aumento da atividade das fábricas.
As primeiras ferrovias possuíam várias linhas de trens que levavam os produtos do interior do país até o porto de Santos, para serem levados de navio para outras partes do mundo.
As ferrovias transformaram a paisagem, abriram caminho entre as matas e promoveram o crescimento das cidades em torno delas.

AS SOCIEDADES NO INÍCIO DA REPÚBLICA
Com o fim da escravidão e a chegada de grande número de imigrantes, a sociedade brasileira passava por grandes transformações. O regime de governo era a monarquia, e ele já encontrava muita resistência entre as pessoas que queriam que o Brasil fosse um país livre e com um governo próprio.
Havia muito dinheiro em jogo e os diversos profissionais liberais, as várias camadas populares, os militares e os barões do café apoiaram a mudança do sistema de governo. Em 15 de novembro de 1889, um grupo de revoltosos, liderados pelo Marechal Deodoro da Fonseca, deu um golpe militar e o regime de governo passou as ser a república.